Caravana Soja Brasil chega a Mato Grosso nesta terça, dia 15
Publicada em: 14 de janeiro de 2019
caravana soja brasil

Carro da caravana soja brasil

Primeira parada acontece no município de Primavera do Leste e depois se desloca até Canarana, durante a feira Dinetec

A Caravana Soja Brasil irá desembarcar no estado de Mato Grosso nesta terça, dia 15 de janeiro. Durante as visitas, os participantes poderão acompanhar palestras sobre sustentabilidade ambiental e econômica, assim como os desafios da cultura e uso de biológico na soja.

Assim como outras etapas, a passagem pelo estado trará aos participantes três palestras:

SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL E ECONÔMICA DA SOJA
Mauro Osaki – Esalq/USP

O USO DE BIOLÓGICOS NA AGRICULTURA
Ivan Cruz – Pesquisador Embrapa

SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA E OS DESAFIOS DA SOJA
Antônio Galvan – Presidente Aprosoja-MT

A primeira parada acontece nesta terça, dia 15 em Primavera do Leste, no Sindicato Rural do município,  na Av. Campo Mourão, 1500, às 19h. Depois a equipe do Canal Rural vai até Canarana, no dia 18 de janeiro, durante a feira Dinetec.

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de Ihara e Mitsubishi Motors.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Para entidade, o Brasil deve ter concorrência maior na venda de derivados da oleaginosa, já que os argentinos devem se recuperar e produzir grande safra

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Em algumas praças, como em Santos (SP), a saca se desvalorizou R$ 3 em um dia. Mercado aponta melhoras nas lavouras brasileiras como uma das razões

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Além de destacar um município por estado do país, o Projeto Soja Brasil irá destacar as condições climáticas para a Fronteira Oeste do RS, que tem sofrido com o excesso de precipitações

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

A perda dos agricultores do município pode superar os R$ 50 milhões, segundo a prefeitura. Teve sojicultor que contabiliza um revés maior de R$ 1,2 milhão. Confira todas as imagens e vídeos enviados para o Canal Rural!

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

Segundo o Deral, o estado todo já conseguiu retirar 10% da oleaginosa do campo. Levantamento também mostra uma melhora nas lavouras restantes