Conab eleva mais uma vez tamanho da safra de soja 2017/2018
Publicada em: 9 de agosto de 2018

Fernanda Farias/Canal Rural

Agora entidade prevê que país conseguiu colher 119 milhões de toneladas da oleaginosa, 4,3% a mais que a temporada anterior. O Nordeste puxou este incremento

Daniel Popov, de São Paulo
A produção brasileira de soja deverá totalizar 118,9 milhões de toneladas na temporada 2017/2018, segundo o 11º levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A nova projeção mostra um incremento de 4,3% sobre a safra passada, quando foram colhidas 114 milhões de toneladas.

A área plantada foi de 35,1 milhões de hectares, alta de 3,7% se comparado à última temporada, quando foram semeados 33,9 milhões de hectares. A Conab trabalha com uma produtividade média nacional de 3.385 quilos de soja por hectare, 0,6% superior à média de 3.364 quilos por hectare de 2016/2017.

O destaque é o Nordeste que ampliou em quase 20% sua produção nesta temporada, puxado pelo incremento de Bahia, Piauí e Maranhão.

O principal produtor nacional da oleaginosa,Mato Grosso, deve ficar em 32,3 milhões de toneladas, com avanço de 5,9% sobre a safra do ano passado, de 30,5 milhões de toneladas. No Paraná, a safra deverá recuar 2,1% frente à temporada passada, de 19,5 milhões de toneladas para 19,1 milhões de toneladas. A safra gaúcha está estimada em 17,1 milhões de toneladas, caindo 8,4% frente às 18,7 milhões de toneladas colhidas na safra 2016/2017.

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de Ihara e Mitsubishi Motors.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 17 de agosto de 2018

Segundo a Somar Meteorologia, as chuvas perdem intensidade mas não cessam. Centro-Oeste, Sudeste e Sul ainda devem registrar alguns volumes no fim de semana

Publicada em: 16 de agosto de 2018

Em uma semana, a maior elevação foi registrada no trecho entre Ponta Grossa (PR) e o porto de Paranaguá, com quase 15%

Publicada em: 16 de agosto de 2018

El Niño, falta de chuvas em outubro, Rio Grande do Sul com enchentes e ferrugem asiática se espalhando pelo país. Veja a opinião de especialistas sobre a influência do clima

Publicada em: 16 de agosto de 2018

Nesta quinta-feira, dia 16, o mercado operou com forte elevação em todas as posições. O contrato para entrega em janeiro de 2019  ultrapassou a casa dos US$ 9 por bushel

Publicada em: 16 de agosto de 2018

Segundo a meteorologia, volumes não serão tão significativos. A sensação de frio ainda persistirá nos próximos dias