Custo de produção da soja está 15% menor nesta safra
Publicada em: 29 de agosto de 2017

Entre os itens que compõem os gastos para a implantação das lavouras, os que mais baratearam foram os inseticidas e herbicidas. Veja lista completa:

Roberta Silveira, de São Paulo
O custo de produção da soja está em queda. Uma das razões é o recuo do dólar, que precifica boa parte dos fertilizantes e defensivos importados pelo país. Ainda assim, as revendas dizem que os negócios seguem lentos e projetam uma safra com menor investimento.

O índice de inflação dos custos de produção, calculado pela Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul registrou baixa de 0,22%, em julho. Consequência da queda do dólar e, principalmente, do preço dos agroquímicos. No acumulado do ano, a deflação é de quase 5%.

Fórum Soja Brasil 2017/2018

Em Mato Grosso, o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) também registrou queda no custo de produção. Para a safra de soja 2017/2018, a entidade estima um custo com insumos e mão de obra em torno de R$ 1.850 por hectare, 15% menor que o valor registrado no ano passado.

Além do câmbio, a queda nos preços dos inseticidas, herbicidas e fungicidas ajudou nesta conta.  Os dois primeiros registraram queda de 19% e 18% respectivamente. Já os produtos para combater fungos estão 12% mais baratos nesta temporada. Por fim, as sementes que estavam mais caras, baratearam 8% em julho.

Apesar destes recuos, as empresas revendedoras de insumos garantem que os negócios seguem muito lentos. “Realmente notamos que as vendas estão acontecendo de forma mais lenta nesta safra. Tanto soja quanto milho, que as são as duas principais culturas que trabalhamos com sementes. Indo um pouco mais para outros insumos que são usados, os agroquímicos e fertilizantes todos têm um atraso na decisão de compra do agricultor”, diz Carlos Hentschke, diretor de operações integradas América Latina, da DuPont.

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de Ihara e Mitsubishi Motors.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 15 de fevereiro de 2019

Embate comercial entre China e Estados Unidos e câmbio enfraquecido limitam a perspectiva de alta nas cotações do grão no Brasil. Entenda o caso!

Publicada em: 15 de fevereiro de 2019

Por conta disso, previsão de safra apresentada foi pequena. Clima segue como fator importante para o desenvolvimento final de parte das lavouras do RS, SC e Matopiba

Publicada em: 15 de fevereiro de 2019

No porto de Paranaguá a saca da oleaginosa se desvalorizou R$ 2. Enquanto as praças do interior apresentaram estabilidade. Sexta abre com Chicago em alta e dólar em queda

Publicada em: 15 de fevereiro de 2019

Na região Sudeste a condição é de muitas chuvas, assim como no Centro-Oeste e Nordeste do país. Confira a previsão para 15 dias em municípios de cada região! Você também pode pedir a previsão do tempo para sua cidade, veja como!

Publicada em: 14 de fevereiro de 2019

Média esperada nas áreas semeadas é de até 55 sacas por hectare. Entenda o embargo que proíbe a comercialização do que vem sendo colhido! Setor produtivo apoia indígenas nesta causa