Deral reduz em 500 mil toneladas safra de soja do Paraná
Publicada em: 20 de dezembro de 2018

Foto: Disan

Francielle Bertolacini, de São Paulo

Quantidade de lavouras em boas condições caiu de 97% para 80% em um mês

O Departamento de Economia Rural (Deral), entidade vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (Seab), estimou em seu relatório que a safra 2018/2019 de soja no estado deve cair mais de 500 mil toneladas em relação ao projetado no mês anterior.

A expectativa do Deral é que a produção da oleaginosa atinja 19,12 milhões de toneladas, contra 19,63 milhões de toneladas da safra anterior.

Condição da safra

A condição das lavouras caiu expressivamente. Em novembro, o total da safra em boas condições era de 97%, em dezembro, o número caiu para 80%. O  dado pode ser um reflexo dos recentes períodos de tempo seco na região, que atingiu diversos produtores rurais.

Atualmente, 31% da safra do Paraná está desenvolvimento vegetativo, 38% em floração, 28% em frutificação e 3% em maturação.

Área plantada

A área plantada com soja na safra 2018/2019 é projetada em 5,459 milhões de hectares, levemente acima dos 5,446 milhões de hectares cultivados na safra 2017/2018. A produtividade média foi estimada em 3.503 quilos por hectare, abaixo dos 3.519 quilos registrados na última safra.

A comercialização da safra de soja 2017/2018 atinge 92%. Para a safra atual, já foram comercializados 20%.

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB) e da Associação Brasileira de Sementes e Mudas (Abrasem). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de BASF e Mitsubishi Motors. O apoio nos eventos é de Yara Brasil Fertilizantes.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Para entidade, o Brasil deve ter concorrência maior na venda de derivados da oleaginosa, já que os argentinos devem se recuperar e produzir grande safra

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Em algumas praças, como em Santos (SP), a saca se desvalorizou R$ 3 em um dia. Mercado aponta melhoras nas lavouras brasileiras como uma das razões

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Além de destacar um município por estado do país, o Projeto Soja Brasil irá destacar as condições climáticas para a Fronteira Oeste do RS, que tem sofrido com o excesso de precipitações

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

A perda dos agricultores do município pode superar os R$ 50 milhões, segundo a prefeitura. Teve sojicultor que contabiliza um revés maior de R$ 1,2 milhão. Confira todas as imagens e vídeos enviados para o Canal Rural!

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

Segundo o Deral, o estado todo já conseguiu retirar 10% da oleaginosa do campo. Levantamento também mostra uma melhora nas lavouras restantes