Plantação de soja fica embaixo de neve nos Estados Unidos
Publicada em: 15 de outubro de 2018

Caso aconteceu na cidade de Valley City, no estado de Dakota do Norte, nos Estados Unidos. Analistas brasileiros especializados no país dizem se isso trará impacto à produção americana

Daniel Popov e Sabrina Nascimento, de São Paulo
Algumas imagens de uma lavoura de soja coberta por neve chamou a atenção e estão circulando pelos grupos de mensagens e redes sociais. Nelas é possível ver duas colheitadeiras ilhadas em meio a uma imensidão branca e outra mostrando a soja já pronta para a colheita enterrada na neve. Algumas emissoras de televisão americanas confirmaram que o caso aconteceu na cidade de Valley City, no estado de Dakota do Norte, Estados Unidos. Analistas brasileiros que acompanham o mercado norte-americano comentam o caso.

A emissora de televisão KVRR Local News, localizada em West Fargo, também no estado de Dakota do Norte, confirmou o caso entrevistando alguns produtores de Valley City. O fato parece ter acontecido entre os dias 10 e 11 de outubro. Em entrevista à emissora o sojicultor Brad McKay disse que nem ele, nem seu pai, haviam visto uma situação assim nessa época do ano. Assista aqui!

Analistas brasileiros especializados no mercado norte-americano, confirmaram a queda da neve, mas disseram que os efeitos negativos não podem ser medidos por um caso tão pontual. “Boa parte da soja desta região já foi colhida, essa área deve ser de soja tardia. Então se tiver algum impacto negativo, será mínimo. Vale ressaltar que as chuvas que aconteceram antes disso podem ter causado prejuízos”, diz o analista Tarso Veloso, da consultoria ARC Brasil.

Já o analista Pedro Dejneka, da consultoria MD Commodities, disse ao programa Mercado & Companhia, do Canal Rural, que a safra dos Estados Unidos terá ajustes finos até o final da colheita, mas nada generalizado ou que altere muito as estimativas atuais. “O país teve problemas, como as chuvas que atingiram Iowa, mas essa neve não afetará muito a safra americana. Produtores de Dakota do Norte já estão acostumados com isso e essa neve foi normal. Se isso tivesse acontecido em setembro ela traria prejuízos”, diz Dejneka.

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de Ihara e Mitsubishi Motors.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Para entidade, o Brasil deve ter concorrência maior na venda de derivados da oleaginosa, já que os argentinos devem se recuperar e produzir grande safra

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Em algumas praças, como em Santos (SP), a saca se desvalorizou R$ 3 em um dia. Mercado aponta melhoras nas lavouras brasileiras como uma das razões

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Além de destacar um município por estado do país, o Projeto Soja Brasil irá destacar as condições climáticas para a Fronteira Oeste do RS, que tem sofrido com o excesso de precipitações

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

A perda dos agricultores do município pode superar os R$ 50 milhões, segundo a prefeitura. Teve sojicultor que contabiliza um revés maior de R$ 1,2 milhão. Confira todas as imagens e vídeos enviados para o Canal Rural!

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

Segundo o Deral, o estado todo já conseguiu retirar 10% da oleaginosa do campo. Levantamento também mostra uma melhora nas lavouras restantes