Produtores rurais e caminhoneiros param até trens contra aumento de combustíveis
Publicada em: 24 de maio de 2018

Relatos como fotos e vídeos circulam na internet e foram confirmados por moradores locais. Bloqueio começou na quarta, foi retirado pela Justiça, mas retornou hoje, dia 24. Veja aqui as imagens e filmagens!

Daniel Popov, de São Paulo
Se no primeiro dia de protestos contra o aumento dos combustíveis apenas os caminhoneiros estavam fazendo greves e bloqueios em algumas estradas do país, nesta quinta-feira, 4º dia de paralisação, com apoio dos produtores rurais até ferrovias estão sendo bloqueadas.

Na tarde da última quarta-feira (dia 23) um grupo formado por produtores rurais e caminhoneiros resolveu fazer uma barreira em uma via férrea no município de Coxim/Chapadão do Sul, em Mato Grosso do Sul. Na ocasião, além de deixar um caminhão parado sob a linha que pertence a empresa Ferronorte, alguns manifestantes esperaram o trem se aproximar para alertar sobre o fato, como é possível ver em um dos vídeos bastante divulgados nas redes sociais.

Paralisação de quarta-feira (dia 23)

Leia mais:
Saiba tudo sobre a greve dos caminhoneiros

Um jornalista local, Adejair Morais, que também cedeu imagens, esteve no local e confirmou as informações a equipe do Projeto Soja Brasil. Segundo ele, no final da tarde de ontem, por volta das 15h30 um promotor de justiça foi até o local pedir para que os manifestantes deixassem o trem passar.

Sem apresentar muita resistência os manifestantes atenderam ao pedido, mas prometeram se reposicionar no mesmo local, dia seguinte (esta quinta-feira, dia 24, para continuar o protesto. De fato, a promessa foi cumprida e desta vez foi montado um acampamento em cima dos trilhos, além de barricadas com pneus queimados e terra.

Paralisação desta quinta-feira, dia 24

No vídeo um produtor rural comenta que até o trem precisa parar para que as reivindicações sejam de fato atendidas integralmente. “Precisa parar o Brasil, pra esse povo ver que isso não é brincadeira. Pessoal dos carros baixos, comércio, vamos todo mundo junto, essa é a hora”, diz o manifestante em vídeo.

Assista os vídeos:

Veja mais fotos:

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de Ihara e Mitsubishi Motors.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Para entidade, o Brasil deve ter concorrência maior na venda de derivados da oleaginosa, já que os argentinos devem se recuperar e produzir grande safra

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Em algumas praças, como em Santos (SP), a saca se desvalorizou R$ 3 em um dia. Mercado aponta melhoras nas lavouras brasileiras como uma das razões

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Além de destacar um município por estado do país, o Projeto Soja Brasil irá destacar as condições climáticas para a Fronteira Oeste do RS, que tem sofrido com o excesso de precipitações

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

A perda dos agricultores do município pode superar os R$ 50 milhões, segundo a prefeitura. Teve sojicultor que contabiliza um revés maior de R$ 1,2 milhão. Confira todas as imagens e vídeos enviados para o Canal Rural!

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

Segundo o Deral, o estado todo já conseguiu retirar 10% da oleaginosa do campo. Levantamento também mostra uma melhora nas lavouras restantes