Rolou no WhatsApp
Publicada em: 19 de fevereiro de 2018

Nesta terça, dia 20 de fevereiro, fotos e videos dos estragos causados pelo excesso de chuvas ganharam destaques nos grupos de WhatsApp. Segundo relatos o caso aconteceu em Mato Grosso do Sul. Vale a pena conferir!

Imagine a quantidade de imagens e vídeos curiosos que rolam nos grupos de WhatsApp e nem sempre chegam a você. Pois é, por isso separamos aqui alguns destes materiais, que certamente chamarão a sua atenção. Se encontrar aqui alguma foto ou gravação que seja de sua autoria, mande um recado para nós através do número do Projeto Soja Brasil (11) 9 5559-6954  e sua história pode virar notícia.

Veja abaixo mais vídeos e imagens curiosas:

 

 
Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB) e da Associação Brasileira de Sementes e Mudas (Abrasem). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de BASF e Mitsubishi Motors. O apoio nos eventos é de Yara Brasil Fertilizantes.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 22 de fevereiro de 2018

Durante o Fórum Soja Brasil desta quinta, dia 22, a entidade fez uma análise da situação do estado e citou exemplos de Mato Grosso e Paraná

Publicada em: 22 de fevereiro de 2018

Evento atraiu muitos jovens interessados no debate sobre a sucessão familiar. Além disso, destacou-se também a importância de o Rio Grande do Sul adotar o vazio sanitário

Publicada em: 22 de fevereiro de 2018

Você pode participar do evento enviando suas perguntas através do WhatsApp do Canal Rural – (11) 9 8524-0073

Publicada em: 21 de fevereiro de 2018

O evento, que acontece dentro da feira Expoagro, terá transmissão ao vivo a partir das 9h no site do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 21 de fevereiro de 2018

Por enquanto o andamento dos trabalhos está parecido com o ano passado, sendo que algumas regiões estão mais adiantadas