Tempo frio persiste e ainda há riscos para geadas no Sul e Sudeste
Publicada em: 12 de julho de 2018

Alguns municípios devem registrar, mais uma vez, fortes nevoeiros durante as madrugadas. Durantes as tardes as temperaturas sobem e a umidade do ar fica baixa

Foram registradas geadas em parte do mato Grosso do Sul, interior de São Paulo e Paraná. Nesta quinta-feira, ainda há risco de novas geadas no Sul, parte do Sudeste e sul do MS, já que a massa de ar polar só perde intensidade a partir de sexta-feira, dia 13. As mínimas não devem passar de 3ºC no Sul e Sudeste e a máxima será de 19°C.

A massa de ar polar que toma conta das regiões Sul e Sudeste do Brasil, deixFa as temperaturas baixas, onde alguns municípios chegam a apresentar valores abaixo dos 3°C e podem ter até geadas, devido ao céu aberto e os ventos calmos por lá. Chuva mesmo só em pequenas porções das regiões Norte e Nordeste, como do Rio Grande do Norte até a Paraíba que chove entre fraca à moderada intensidade, sem raios e por influência dos ventos úmidos que vem do mar; e entre o Pará e o leste do Amazonas devido à formação de áreas de instabilidade.

SUL

Um centro de alta pressão atmosférica atua exatamente sobre o Sul do país e deixa o tempo firme, favorecendo uma forte queda das temperaturas durante a madrugada e a formação de geadas numa faixa que começa no sudoeste do Rio Grande do Sul e avança até o leste do Paraná, passando pela faixa central do RS, serra e planalto catarinense e sul do Paraná. Também há condição para formação de nevoeiros em algumas áreas do leste gaúcho e leste e norte paranaense. Com o tempo aberto, o sol aparece, dissipa a geada e eleva as temperaturas no período da tarde, amenizando o frio.

SUDESTE

A frente fria se afasta ainda mais da costa do Sudeste, e com as instabilidades perdendo força sobre o Sudeste, as pancadas de chuva persistem somente entre o leste mineiro, litoral norte fluminense e todo o estado do Espírito Santo. Nas demais áreas da região, o tempo segue seco e dessa vez, devido as baixas temperaturas, o risco fica por conta da formação de nevoeiros em toda a faixa leste de São Paulo, o que diminui a visibilidade nos principais aeroportos. Com queda de temperatura bastante acentuada nas áreas de Serra entre São Paulo e Minas Gerais, há risco para formação de geada.

CENTRO-OESTE

O tempo aberto predomina no Centro-Oeste, que ainda tem bastante frio entre o sul e oeste do Mato Grosso e em grande parte do Mato Grosso do Sul. A condição para geada no sul do Mato Grosso do Sul diminui. À tarde, por causa do sol, as temperaturas sobem e faz calor nos três Estados e no Distrito Federal. A umidade, porém, fica baixa.

NORDESTE

No Nordeste, os ventos úmidos do oceano continuam provocando chuvas em toda a faixa litorânea, desde a Bahia até o Maranhão. As nuvens carregadas também conseguem avançar um pouco para o interior do Maranhão, Piauí, Ceará e Pernambuco. Nas demais áreas, o sol predomina e a umidade fica baixa à tarde.

NORTE

Previsão de pancadas de chuva no norte do Amazonas, no Pará e no Amapá. Em Roraima, o risco é de tempestades a qualquer hora do dia, com grande acumulado. No Acre, Rondônia, Tocantins e sul do Amazonas, tempo aberto. Ainda faz frio pela manhã no sudoeste da região, mas esquenta à tarde. Nas demais áreas, também faz calor.

Sexta-feira

SUL

A partir da sexta-feira, o frio ameniza na região Sul. Uma das consequências é que diminui a área com risco de geada. O fenômeno está previsto apenas para as áreas mais altas dos três Estados. Há risco para formação de neblina na faixa central do Rio Grande do Sul, no Vale do Itajaí e no leste do Paraná. Paraná e Porto Alegre podem registrar o fenômeno. Já pela manhã, porém, tanto a geada quanto o nevoeiro se dissipam e o sol aparece com força, elevando as temperaturas, que ficam amenas durante a tarde.

SUDESTE

A frente fria se afasta de vez da costa, e o tempo firme predomina em quase toda a região. A massa de ar seco e fria atua no interior e as temperaturas apresentam leve aumento em comparação com dias anteriores, apenas em áreas de serra ainda há risco para geada durante a madrugada, como é o caso da Serra da Mantiqueira. Nas demais áreas da região, as temperaturas são mais elevadas, garantindo sensação mais confortável durante a tarde. Risco de nevoeiro na faixa leste da região.

CENTRO-OESTE

A partir da sexta-feira, 13, as temperaturas sobem no Centro-Oeste – tanto mínimas, quanto máximas. O frio pela manhã diminui gradativamente e as tardes são cada vez mais quentes. O que não sobe, porém, são os índices de umidade, que continuam muito baixos no período da tarde e colocam diversas cidades em estado de atenção, com valores abaixo de 30%.

NORDESTE

Na sexta-feira, as chuvas ficam restritas ao litoral da Bahia ao Piauí e na metade norte do Maranhão. Porém, basta se afastar um pouco da costa para ver as nuvens diminuírem e o sol predominar, pois não há previsão de chuva em todo o interior do Nordeste.

NORTE

A friagem enfraquece na sexta-feira e o dia começa com temperaturas mais amenas entre Acre e Rondônia. Com o sol, que também predomina no sul do Amazonas e no Tocantins, as temperaturas sobem e faz calor. Nas demais áreas, a previsão é de novas pancadas de chuva.

Sábado

SUL

No sábado, predomínio de sol na região Sul. A massa de ar frio continua perdendo intensidade e as temperaturas sobem, tanto pela manhã, quanto à tarde. Já não há condição para formação de geadas e nevoeiros. Além disso, no período da tarde, já faz um pouco de calor, principalmente no oeste dos três Estados e no norte do Paraná.

SUDESTE

No sábado há risco para chuva fraca desde o norte do Rio de Janeiro até o Espírito Santo, incluindo o leste de Minas gerais, dessa vez por conta da circulação dos ventos na costa da região e devido aos ventos no alto da atmosfera que favorecem o tempo mais instável. Nas demais áreas do Sudeste, o tempo firme predomina e o sol aparece entre pouca variação de nebulosidade. As temperaturas seguem em gradual elevação, tanto pela manhã quanto a tarde. O maior destaque é o frio perdendo intensidade ao amanhecer, já sem risco para geada nas áreas de Serra.

CENTRO-OESTE

No início do final de semana, o tempo segue estável em todo o Centro-Oeste. O sol predomina, as temperaturas continuam subindo e a umidade permanece baixa durante a tarde.

NORDESTE

No sábado, o tempo continua instável no litoral do Nordeste e aberto no interior da região. Felizmente, não são esperadas chuvas volumosas e persistentes nas áreas litorâneas, pois as pancadas são rápidas.

NORTE

A combinação de calor e umidade disponíveis na atmosfera continua gerando nuvens carregadas sobre a maior parte da região Norte, provocando pancadas de chuva. Os núcleos mais intensos atingem o norte do Amazonas e Roraima, além do leste do Amapá. Do Acre ao Tocantins, tempo firme, com bastante calor durante a tarde.

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de Ihara e Mitsubishi Motors.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 13 de novembro de 2018

Segundo levantamento do Deral, cinco estados terminaram a semeadura, sete estão nos últimos talhões e apenas um município ainda está na metade dos trabalhos

Publicada em: 13 de novembro de 2018

Esse ano o Projeto Soja Brasil tem novidades – É o Você no Soja Brasil – um espaço para que os produtores de todo o país mandem os seus recados, digam como está a safra, o seu dia a dia e as dificuldades que enfrentam para produzir o principal produto da balança comercial brasileira.

Publicada em: 13 de novembro de 2018

Nesta passagem pelo estado serão visitados quatro municípios. Encontros acontecem sempre as 19h. Confira a programação completa!

Publicada em: 13 de novembro de 2018

Em apenas dez meses, o volume embarcado ao exterior e o valor recebido por isso já superam todo o ano de 2017

Publicada em: 13 de novembro de 2018

Segundo a Somar Meteorologia, apenas o Rio Grande do Sul deve registrar precipitações moderadas nos próximos dias. Já as regiões Centro-Oeste e Sudeste continuam com tempo instável