Veja como será o clima no fim de semana do Dia dos Pais
Publicada em: 9 de agosto de 2018

Segundo a meteorologia, boa parte do país terá tempo firme e temperaturas mais elevadas e agradáveis no domingo

A chegada de uma frente fria traz chuva fraca, neste fim de madrugada de quinta-feira (09), entre os estados de São Paulo e de Minas Gerais. No Sul o tempo deve ficar firme em boa parte dos municípios, entretanto a temperatura irá despencar em toda a região. A partir de sexta-feira o tempo firme predominará em praticamente todos os estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, condição que deve perdurar até pelo menos terça-feira da próxima semana. As informações são da Somar Meteorologia.

SUL

Na quinta-feira uma massa de ar polar passa a predominar pela região Sul e garante o tempo firme no oeste de todos os estados da região. As temperaturas vão cair bastante e tem condições para gear nas áreas serranas. Nas demais áreas da região ainda tem condição para chover, por causa de um sistema de baixa pressão no oceano. No leste do Rio Grande do Sul a chuva pode ser volumosa. Outro destaque são os ventos no estado gaúcho, que podem passar dos 80km/h nas áreas litorâneas.

SUDESTE

A frente fria avança pelo Sudeste a chuva retorna para o grande parte da região. Os volumes não devem ser elevados, mas há condição para trovoadas e eventual queda de granizo no interior de São Paulo e no Triângulo Mineiro. No litoral paulista os ventos podem ser intensos e as rajadas devem chegar aos 60km/h. As temperaturas ficam mais baixas novamente e esfria ainda mais durante a noite.

CENTRO-OESTE

Na quinta-feira o tempo permanece instável em grande parte da região, a chuva pode retornar na forma de pancadas isoladas, mas os acumulados não serão elevados. A nebulosidade diminui e as áreas mais ao norte alcançam temperaturas elevadas, nas demais regiões os ventos avançam de sul e por conta disso as temperaturas durante a manhã ficam mais amenas. No sul do Mato Grosso do Sul, o tempo já fica firme, devido ao avanço de uma massa de ar polar, que além de inibir as formações de instabilidades, deixa as temperaturas baixas.

NORDESTE

Tem previsão de chuva no norte do Maranhão e na faixa que vai desde o Rio Grande do Norte até as praias de Sergipe. São pancadas isoladas e com acumulados muito baixos, que ocorrem a alternadas por períodos de tempo mais firme.

NORTE

Na quinta-feira pancadas de chuva ainda atuam em grande parte da região, com exceção das áreas entre Tocantins e sul do Pará. Entre o Acre e Rondônia os ventos de sul abaixam um pouco as temperaturas no amanhecer, mas rapidamente se elevam ao longo do dia. Os ventos que sopram do Sul do País deixam as temperaturas baixas no Acre e Rondônia.

Sexta-feira

SUL

Na sexta-feira o sistema de baixa pressão se afasta pelo oceano e não deve chover em quase nenhuma nenhuma área da região Sul. Apenas na área serrana entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina é que ainda tem condição de chuva e como as temperaturas seguem em acentuado declínio tem possibilidade para nevar no amanhecer, nos pontos mais elevados destas áreas. Nas demais áreas pode gear de maneira ampla. Durante a tarde o sol aparece e ajuda a aliviar a sensação de frio das primeiras horas do dia, mas não chega a fazer calor.

SUDESTE

Na sexta-feira a frente fria se afasta para o oceano, mas a chuva continua entre o Rio de Janeiro e o Espírito Santo, além de Minas Gerais. As pancadas são isoladas e o sol consegue aparecer ao longo do dia. Em São Paulo o tempo abre e as temperaturas ficam agradáveis na parte da tarde. Durante a noite volta a esfriar. Não deve chover também no triângulo mineiro e no norte de minas.

CENTRO-OESTE

Na sexta-feira a chuva segue concentrada no leste de Goiás, com acumulados baixos e que não ajudam nem mesmo a diminuir as temperaturas nestas áreas. Já nas demais áreas matogrossenses e em Mato Grosso do Sul o tempo fica firme e com sol, mas destaque para as temperaturas baixas, por causa de uma massa de ar polar que está na região Sul e que acaba influenciando também o tempo no Centro-Oeste.

NORDESTE

Na sexta-feira o tempo firme continua em grande parte do Nordeste e apenas entre as praias de Alagoas e Rio Grande do Norte, além do norte maranhense é que há condições para chover fraco e mesmo assim alternados por períodos de tempo firme. As temperaturas continuam elevadas em todos os estados da região.

NORTE

Na sexta-feira a chuva se concentra mais entre o Acre e o norte do Pará, com acumulados baixos, mas com pancadas que podem acontecer a qualquer hora do dia. O tempo fica firme em Rondônia, no sul do Pará e no Tocantins. As temperaturas ficam elevadas em toda região.

Sábado

SUL

No sábado, todos os estados têm tempo firme. Ainda tem risco para gear em pontos mais elevados, porém as temperaturas já começam a entrar em elevação e durante a tarde a sensação é mais agradável. Apenas no litoral norte do Rio Grande do Sul é que ainda tem um pouco de instabilidade, dos ventos vindos do oceano, e pode chover fraco ao longo do dia.

SUDESTE

No sábado a frente fria influencia o tempo apenas no Espírito Santo e no leste de Minas Gerais.
Nestas áreas pode chover fraco ao longo do dia. Nas outras áreas do Sudeste o tempo fica firme. Pela manhã a sensação é de frio e as temperaturas ficam ainda mais baixas nas áreas serranas. À tarde, com a presença do sol faz as temperaturas se elevarem e a sensação é mais agradável. Porém, volta a esfriar durante a noite.

CENTRO-OESTE

No sábado o tempo fica firme em grande parte do Centro-Oeste, mas ainda com tempo instável na região do Distrito Federal. Pode chover fraco ao longo do dia, mas a sensação de calor continua. Entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a chuva não ocorre e o sol aparece ao longo do dia, porém, as temperaturas não sobem muito, por causa de uma massa de ar frio que está no Sul do Brasil.

NORDESTE

No sábado a condição ainda é de tempo firme na maior parte do Nordeste por causa da atuação de uma massa de ar seco. O sol aparece ao longo do dia e as temperaturas sobem bastante no interior da região. No litoral ainda há previsão para chover, mas com baixos volumes acumulados. Mesmo onde chove a sensação ainda é de calor.

NORTE

No sábado ainda temos uma condição de tempo instável em grande parte do Norte. Em Rondônia o tempo volta a ficar firme e a mudança na direção dos ventos faz as temperaturas subirem novamente. No Acre ainda chove e a sensação será de calor à tarde.

Domingo

SUL

No domingo as temperaturas ficam um pouco mais elevadas, mas a sensação de frio ainda é intensa no amanhecer e durante a noite. A próxima semana inicia com tempo firme e a chuva só deve voltar após a próxima terça-feira.

SUDESTE

O domingo será ainda de tempo firme em todo Sudeste e com temperaturas em elevação. Na próxima semana teremos uma condição de tempo mais seco no Sudeste e as temperaturas ficam mais elevadas.

CENTRO-OESTE

O domingo será ainda de tempo firme em grande parte da região e as temperaturas já voltam a ficar elevadas em nos três estados do Centro-Oeste.

NORDESTE

O domingo será de tempo firme em grande parte do Nordeste e mesmo nas áreas do litoral, onde há possibilidade de chuva, as pancadas são muito rápidas e não atrapalha o dia na praia. Essa condição não deve mudar até pelo menos meados de agosto.

NORTE

O domingo será de tempo firme ainda no Tocantins e temperaturas elevadas. Nos demais estados tem muita umidade e condição para chuva rápida ao longo das tardes.

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de Ihara e Mitsubishi Motors.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 17 de agosto de 2018

Segundo a Somar Meteorologia, as chuvas perdem intensidade mas não cessam. Centro-Oeste, Sudeste e Sul ainda devem registrar alguns volumes no fim de semana

Publicada em: 16 de agosto de 2018

Em uma semana, a maior elevação foi registrada no trecho entre Ponta Grossa (PR) e o porto de Paranaguá, com quase 15%

Publicada em: 16 de agosto de 2018

El Niño, falta de chuvas em outubro, Rio Grande do Sul com enchentes e ferrugem asiática se espalhando pelo país. Veja a opinião de especialistas sobre a influência do clima

Publicada em: 16 de agosto de 2018

Nesta quinta-feira, dia 16, o mercado operou com forte elevação em todas as posições. O contrato para entrega em janeiro de 2019  ultrapassou a casa dos US$ 9 por bushel

Publicada em: 16 de agosto de 2018

Segundo a meteorologia, volumes não serão tão significativos. A sensação de frio ainda persistirá nos próximos dias