Veja a previsão do tempo para todo o fim de semana
Publicada em: 11 de janeiro de 2019
soja ao por do sol

Foto: Pixabay

Segundo a Somar Meteorologia, todas as regiões do país devem registrar algum volume de chuvas nesta sexta-feira. Confira também o clima para sábado e domingo!

De acordo com as imagens de satélite e radares meteorológicos, a sexta-feira começa com muitas nuvens em todas regiões brasileiras. Na região Sul e Sudeste, uma baixa pressão no interior do continente associada a uma frente fria que se desloca pelo mar, organizam a umidade e favorecem a formação de instabilidades. Na metade norte do Brasil, o que contribui para o tempo encoberto e instável é a umidade e as altas temperaturas.

Sexta-feira

SUL

Uma frente fria ainda influencia no tempo do Sul, além disso ainda há muita umidade nos três estados da região, algo que ainda favorece chuva volumosa, especialmente no norte do Rio Grande do Sul, no leste de Santa Catarina e do Paraná, com previsão para acumulados que podem passar dos 30 milímetros. Também chove nas demais localidades do Sul, mas são pancadas isoladas e que ocorrem preferencialmente durante a tarde e a noite. As temperaturas seguem elevadas em toda a região, com exceção das áreas mais próximas do Uruguai, onde as temperaturas ficam mais amenas.

SUDESTE

Nesta sexta-feira o sol aparece na maior parte do dia e ajuda a elevar as temperaturas rapidamente no Sudeste. Além disso, ainda há bastante umidade pela região e essa combinação de calor e alta umidade favorece a formação das nuvens carregadas a partir da tarde. Todo Sudeste segue com previsão para pancadas de chuva isoladas, com baixos volumes, mas que podem ser acompanhadas de trovoadas, ventos moderados e até granizo. Mesmo após a chuva, o tempo abafado continua, aliás as madrugadas ainda tem sensação de abafamento.

CENTRO-OESTE

Ainda faz muito calor Centro-Oeste do Brasil. As frentes frias não conseguem avançar até o Sudeste, mas a chuva que ocorrer não será abrangente. São pancadas bastante pontuais, que podem acontecer a qualquer hora do dia, mas que podem vir acompanhadas por trovoadas e até eventual queda de granizo.

NORDESTE

O Nordeste conta com áreas de instabilidade em grande parte da região, mas a chuva mais intensa ocorre em áreas da faixa norte, especialmente entre Ceará e o Maranhão, com pancadas a qualquer hora do dia e chuva que pode ser significativa. Do interior baiano ao interior da Paraíba tempo firme. As temperaturas continuam elevadas em todas as áreas nordestinas, mesmo onde há previsão para chuva mais volumosa.

NORTE

Ainda há previsão para chuva significativa no Acre e no norte de Rondônia. Nas demais áreas da região Norte a expectativa é para pancadas a qualquer momento, com acumulados menos expressivos. A exceção fica por conta de Roraima, onde não há previsão de chuva significativa. O tempo segue abafado em todos os estados, mesmo com a previsão para chuva.

Sábado

SUL

Ainda chove no fim do dia na maior parte da região Sul. Desta vez, pela combinação de umidade, calor e ventos úmidos do mar. O volume de água previsto já não é elevado na fronteira oeste gaúcha, apenas entre o noroeste do estado e leste de Santa Catarina e do Paraná é que a chuva ainda pode ocorrer de forma mais expressiva com acumulados entre 20 mm e 40 mm. Nas demais áreas a chuva é rápida, isolada e não deve ser de grandes volumes. O calor predomina em todo o Sul.

SUDESTE

Sábado a condição de temporais aumentam em algumas áreas do Sudeste, especialmente entre o norte paulista, como na região de Ribeirão Preto, passando pelo triângulo mineiro e se espalhando por áreas centrais de Minas Gerais. O padrão de ventos no alto da atmosfera é que contribui para o aumento do risco de chuva forte que pode vir acompanhada de muitas descargas elétricas e até granizo

CENTRO-OESTE

Será mais um dia com chance para pancadas de chuva em todos os estados do Centro-Oeste. Com destaque para a chuva mais forte no nordeste e norte do Mato Grosso, com potencial para trovoadas e rajadas de vento.

NORDESTE

Sábado a condição de tempo mais instável do Maranhão ao Ceará persiste, nas demais áreas a chance de chuva é menor e se ocorrer é de forma localizada. O interior baiano segue com tempo seco. O calor predomina em todo Nordeste.

NORTE

Sábado com chance de chuva mais volumosa de Belém a Macapá, além disso do Acre ao sul do Pará também chove de forma mais expressiva. Em todas estas áreas o acumulado de chuva em um dia pode passar de 50mm. Áreas de instabilidade tropicais são os principais combustíveis para essas chuvas. Nas demais áreas do Norte, não se descarta a chance de pancadas rápidas e pontuais, apenas em Roraima o tempo segue seco. O calor e o tempo abafado mais uma vez marcam o dia no Norte do Brasil.

Domingo

SUL

O tempo segue instável no Sul, com outra frente fria se formando na costa do Rio Grande do Sul e provocando chuva em praticamente todo o estado, o tempo deve ficar nublado e com chuva a qualquer hora nas áreas de fronteira com o Uruguai. No noroeste gaúcho há risco de fortes temporais. Nas demais áreas do Sul também não se descarta a chance de chuva. Com acumulados entre 20 mm e 40 mm do leste catarinense ao leste paranaense.

SUDESTE

O risco de temporal é maior no domingo nas áreas de divisa com Goiás. Nas demais áreas do Sudeste, as instabilidades perdem força e se chover é em forma de pancada no fim da tarde. O calor continua em praticamente toda a região.

CENTRO-OESTE

No decorrer do domingo áreas de instabilidade associadas ao calor e umidade da região provocam pancadas de chuva mais intensa e volumosa no noroeste de Mato Grosso e norte de Goiás. Nestas áreas o acumulado de chuva pode ficar em torno de 50 mm. Nas demais áreas da região a chuva ainda ocorre de forma mais pontual e não deve deixar grandes acumulados. O calor persiste com máximas que facilmente ultrapassam os 30°C em grande parte da região, especialmente nas áreas de fronteira com o Paraguai.

NORDESTE

A divisa entre Maranhão e Piauí tem condição de tempo mais instável no domingo, nestas áreas o acumulado de chuva fica em torno de 40 mm. Nas demais áreas do Nordeste apesar da condição de chuva isolada, o volume previsto é pouco expressivo. O interior da Bahia fica com tempo seco. Faz calor em todo o Nordeste.

NORTE

A divisa norte entre Amazonas e Pará tem risco de chuva forte e volumosa, com acumulados próximos de 50mm no decorrer do domingo por causa de instabilidades tropicais. A soma de calor e umidade também favorece a chuva nas demais áreas do Norte, em forma de pancadas isoladas. O tempo segue abafado em toda a região.

Veja mais notícias sobre soja

Sobre o Projeto Soja Brasil
O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil), com a coordenação técnica da Embrapa Soja. O apoio institucional é do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). A consultoria é de Safras & Mercado e Somar Meteorologia. O patrocínio é de Ihara e Mitsubishi Motors.

Mais notícias do Projeto Soja Brasil

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Para entidade, o Brasil deve ter concorrência maior na venda de derivados da oleaginosa, já que os argentinos devem se recuperar e produzir grande safra

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Em algumas praças, como em Santos (SP), a saca se desvalorizou R$ 3 em um dia. Mercado aponta melhoras nas lavouras brasileiras como uma das razões

Publicada em: 16 de janeiro de 2019

Além de destacar um município por estado do país, o Projeto Soja Brasil irá destacar as condições climáticas para a Fronteira Oeste do RS, que tem sofrido com o excesso de precipitações

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

A perda dos agricultores do município pode superar os R$ 50 milhões, segundo a prefeitura. Teve sojicultor que contabiliza um revés maior de R$ 1,2 milhão. Confira todas as imagens e vídeos enviados para o Canal Rural!

Publicada em: 15 de janeiro de 2019

Segundo o Deral, o estado todo já conseguiu retirar 10% da oleaginosa do campo. Levantamento também mostra uma melhora nas lavouras restantes